Connect with us

O que você está procurando?

Música

Beyoncé lança o álbum “Renaissance” e a web está pirando

O tão aguardado ato 1 do álbum “Renaissance” já está disponível em todas as plataformas de áudio

Após seis anos de espera, na madrugada desta sexta-feira, 29, o novo disco foi liberado com 16 faixas
Após seis anos de espera, na madrugada desta sexta-feira, 29, o novo disco foi liberado com 16 faixas. - Crédito: Divulgação
[PAGE TITLE]

Veio aí, beyhive! O tão aguardado álbum “Renaissance”, de Beyoncé, já está disponível em todas as plataformas de áudio.

Após seis anos de – muita – espera, na madrugada desta sexta-feira, 29, o novo disco finalmente foi liberado com 16 hinos, incluindo o hit “Break My Soul”, que já havia sido divulgado em junho, dando indícios do que estava por vir.

Três anos de construção 

Advertisement. Scroll to continue reading.

Para quem não sabe, Beyoncé passou os últimos três anos na construção do álbum, o sétimo de estúdio e que foi, em sua grande parte, produzido durante a pandemia de Covid-19. 

A ideia é compartilhar com o mundo a sua própria realidade enquanto artista e claro, uma mulher negra. Vale lembrar ainda que este é o ato 1, dos três que integram o “Renaissance”.

Álbum vazado?

Advertisement. Scroll to continue reading.

Na quarta-feira, 27, dois dias antes do lançamento oficial, o álbum chegou a ser vazado, deixando a web enlouquecida. No entanto, a maior parte do fandom aguardou o dia certo para soltar o play nos vocais da ídola. 

Em seu site oficial, Bey aproveitou para publicar uma dedicatória sobre o álbum. “Criar esse álbum me permitiu um lugar para sonhar e para encontrar um escapa, durante um período assustador para o mundo. Me permitiu me sentir livre e aventureira em um tempo onde quase nada se movia. Minha intenção foi criar um espaço seguro, um espaço sem julgamento. Um lugar para ficar livre de perfeccionismo e pensar demais. Um lugar para gritar, me soltar, sentir liberdade. Foi uma linda jornada de exploração”, escreveu. 

Além disso, também agradeceu aos filhos, Rumi, Sir e Blue, ao marido, Jay-Z, e ao tio, Jonny, por serem inspirações e darem todo o espaço para que ela pudesse colocar a criatividade em jogo. A avô, que lhe apresentou diversas músicas e atividades culturais, também foi homenageada.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Country, dance e muito mais 

As novas faixas misturam os estilos musicais, apostando em dance e country, sem contar o pop e claro, R&B, clássico da personalidade de Beyoncé. 

Entre as canções com participações, estão “Move”, com a jamaicana Grace Jones e a rapper nigeriana Tems, já “Energy” conta com o rapper Beam. Segundo o “The Sun”, Bey fez questão de checar os antecedentes de todos eles para não trabalhar com nomes acusados de abuso, por exemplo.

Advertisement. Scroll to continue reading.

A web está pirando? Sim!

Desde o lançamento, o título do álbum integra o ranking dos assuntos mais comentados do Twitter. Abaixo, separamos algumas reações. Confira: 

Advertisement. Scroll to continue reading.
Advertisement

Você também vai gostar

Notícias

Ícone do Rock, Tommy Lee viralizou na web ao compartilhar nu frontal com fãs e seguidores; confira

Streaming

Após o sucesso de "Continência Ao Amor", na Netflix, conheça outros filmes românticos e emocionantes para maratonar

Sem categoria

Em seu podcast no YouTube, Karina Bacchi, sem citar nomes, questionou o comportamento de Giovanna Ebank ao defender os filhos de comentários racistas

Notícias

O vocalista da banda Mumford & Sons desabafou ao revelar que foi vítima de abuso sexual quando tinha apenas seis anos